Processo de aceitação da deficiência.

Hoje vou falar um pouco sobre, como funciona o processo de aceitação da deficiência, de como ele foi para mim, e de quebra darei, algumas dicas de como se aceitar, sendo cadeirante.

d73d39_7bd4f42f209a40aaa0a6c1af89c9bbce

Quando você se vê em uma cadeira de rodas.

Quando você se vê em uma cadeira de rodas não é nada fácil aceitar, além de não aceitarmos o fato de não podermos andar, deixamos até de nós aceitar como seres humanos, passamos a ser pessoas inseguras e começamos a nós esconder dentro de casa.

Com isso acabamos por ter amizade apenas com parentes, acabamos também passando a sair somente para médico, compromissos familiares ou escola, isso quando não desistimos de frequentar as aulas.

Na adolescência é ainda pior.

 Quando isso ocorre na adolescência é pior ainda, pois vemos todos saindo pra balada e namorando, enquanto você fica em casa no computador, TV ou Vídeo Game, mesmo quando você é cercado por pessoas ou meninas que tem real interesse em amizade ou até mesmo namorar com você, você acaba nem vendo isso pois como você mesmo não se aceita se quer imagina que os outros vão te aceitar.

fli1117-handicap-for-a-day02jpg-9d4ec7f446b14d74

Quando começamos a superar?

 A partir do momento que você começa aceitar que tem sim uma doença e passa a lutar contra ela, você passa também a se aceitar, como pessoa, e é neste momento que tudo muda, você passa a sair mais de casa, a ser mais confiante e essa confiança acaba atraindo as pessoas incluindo as mulheres e com isso você acaba por fazer novos amigos e pôr consequência as tão sonhadas namoradinhas.

Cada um tem o seu tempo.

 Para alguns o processo de aceitação até que é rápido dura apenas alguns meses, para outros leva anos e outros infelizmente acabam nunca se aceitando, no meu caso levou anos.

Fui pra cadeira de rodas com 9 anos, comecei a me aceitar com 15, quando fiz vários amigos e passei a sair mais, inclusive cheguei a beijar uma garota da escola, porem só me aceitei completamente aos 22 quando comecei a sair ainda mais, indo até pra balada, passei inclusive a ter alguns namoricos chegando até a ter uma vida sexual mais ativa.

disabled-dating-whispers4u-2-960x367

Dicas para os cadeirantes.

 Por isso lhes digo se vocês são cadeirantes ou qualquer outro tipo de deficientes primeiro aceite a sua deficiência lute contra ela, com isso você se aceitará a partir disso os outros passaram a te aceitar também, lute pela sua liberdade, não deixe os outros lhe controlarem, se você gosta de alguém, não ligue pro que os outros dizem, tente dizer isso a ela, ou pelo menos demonstrar isso a ela, quem sabe não rola uma grande amizade, uns beijinhos ou até um namoro.

Dicas para os andantes.

 Enquanto a vocês andantes não se deixem levar pelas aparências e se aproximem daquele seu conhecido cadeirante, vai saber se não podem ser amigos ou quem sabe até almas gêmeas, enquanto aos parentes do deficiente, eu peço não sejam tão super protetores, deixem o deficiente sair, fazer amigos e namorar, isso fará muito bem pra ele tanto mentalmente quanto fisicamente.

cardboard-wheelchair-668x288

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s